O projeto:

Segurança pública é um dos assuntos mais importantes e que mais preocupa governos e cidadãos.

O monitoramento eletrônico veio como uma alternativa à população para garantir uma vida mais tranquila.

Em 2017 a Prefeitura de São Paulo anunciou o Projeto City Câmeras em parceria com a startup catarinense Camerite que doou a plataforma de videomonitoramento.

Juntos pretendem tornar São Paulo a cidade mais monitorada do mundo, ultrapassando as 8 mil câmeras existentes em Nova York.

Resultados:

Com uma plataforma 100% escalável a um custo zero de infraestrutura, em menos de um ano de execução a Capital já possui 1.400 câmeras com a economia de 3,6 milhões de reais ao ano. Até 2020 a intenção é que existam 10 mil câmeras por toda a cidade.

“A iniciativa permite aumentar a segurança e o bem-estar da população e ainda proporcionar um atendimento qualitativo com mais rapidez”, diz o secretário municipal de Segurança Urbana, José Roberto Rodrigues de Oliveira para veículo online.

Em janeiro de 2017, a cidade mantinha 75 câmeras que custavam cerca de R$ 320 mil por mês. Já em março deste ano, o número passou para quase 1500 câmeras, sem custos adicionais.

Quer montar um projeto na sua região? Que tal ter uma plataforma de videomonitoramento com a sua marca?

Faça uma demonstração gratuita  na nossa plataforma e entenda por que o projeto City Câmeras é um sucesso!

709_X_111_px_3

Escrito por Camerite

A plataforma de vídeomonitoramento com a sua marca agora tem um blog! Confira as novidades do nosso serviço e fique por dentro de informações estratégicas para o seu negócio!

Deixe seu comentário!